18 de dez de 2011

Entre meninas

Texto: Paco Steinberg
Ilustração: Bruno Oliveira





Limpei as mãos na toalha branquinha do banheiro, ficou parecendo a bandeira do Japão.

Engraçado, o meu sangue não é clarinho assim.
Será que ela era doente?
Bom, se era, não precisa mais se preocupar com isso.

Antes de sair do apartamento, dei uma olhada para trás.
Por causa da luta, o apartamento ficou uma bagunça.
Arrumei as almofadas, varri os copos quebrados, limpei a parede.
Ajeitei o corpo dela no chão com as mãos para trás da cabeça, as pernas fazendo um L, não é que ficou bonito?

O rosto inclinado para cima, que nem a Ingrid Bergman em "Casablanca".
Pensando bem, ela está mais parecida com "Assassinato no Expresso do Oriente". É. Com certeza.

Saí e fui pegar os filmes na locadora. Acelerei as cenas até chegar no ponto exato. Levei a televisão até perto dela. Eu tinha razão.
Está mais para Assassinato no Expresso do Oriente mesmo.



Paco Steinberg 
Nasceu em 1979. Bacharel em Letras pela UFPR, tradutora, crítica de arte, bicho urbano. Gosta de fumaça, solidão, polêmica, observar humanos e piadas infames. Sua cor preferida é o sangue. Tem medo de aranha, de escuro e de gente muito feliz. Autora dos livros Persona (2003), Vem Cá que Eu te Conto (2009) e Jack & Bob (2010). Inspiração: rodas de conversa no café com muitas risadas e sustos. Método de escrita: atrás da porta.
Seu quarto: omundopolemicodapaco.blogspot.com
Seu escritório pulp dump anticult: estacaoliteratura.blogspot.com
Troca figurinhas com escritores tupis todo dia 19 em: www.manufatura.blogspot.com

Bruno Oliveira
Seus trabalhos podem ser visualizados no site www.flickr.com/oitoart

3 comentários: